Meu ambiente de trabalho em 7 itens

29 de dezembro de 2010

Para terminar o ano, fui convidado pelo instrutor Anderson Leite para escrever meu ambiente de trabalho em 7 itens:

Máquina / Sistema Operacional

Desde 2008 passei por dois Airs, um Pro e um iPad. Nesse instante estou com o Air de 11″. Costumo usar o mesmo notebook para programar no trabalho, em casa e no carro. Programação extrema.

Em casa uma TV de 32″ como segundo monitor, no trabalho qualquer coisa disponível.

Uso o OS X em coreano e Parallells para o C# no Windows. Sempre uso o sistema operacional em uma língua estrangeira que não domino.

Editor e IDE

Qualquer um que tenha opção de abrir e salvar arquivo. Quando estou em máquinas que desconheço atalhos faço tudo na unha, sem medo. Editor x IDE, Teclado x Mouse é um meio, não um fim. Se o desafio de um bom programador fosse digitar menos e digitar rápido, contrataríamos somente campeões do Typeracer.

No dia a dia uso Eclipse, Textmate e vi. Já usei emacs, gedit, visual studio. Na máquina dos outros qualquer um que tenha opção de abrir e salvar arquivos. Aprendo os atalhos, mas meu foco está no tempo parado olhando a tela, não na destreza dos quatro alts que o mac oferece.

Terminal e Editor

Bash com alguns .shs extras. Toda vez que troco de máquina ele é limpo e não reaproveito nada do anterior. A idéia é não viciar.

Abro diversas abas e não consigo ficar em um só projeto ao mesmo tempo. Enquanto rodo os testes de um, escrevo a funcionalidade de outro, mesmo que por 30 segundos. Quando possível, revezo entre três.

Browser

Chrome com gleebox, Firefox com gleebox e Safari, todos ao mesmo tempo. Internet Explorer para os sites que não funcionam e sites coreanos em geral.

Software

Vital: file explorer (finder no os x), terminal, um editor qualquer. O resto é opcional.

Opcional: SizeUp, spotlight, dropbox, google apps.

Aberto esporadicamente: skype, adium, tweet decks.

Source-code

Git. Svn em alguns projetos de terceiros. Aliás, svn que não funciona com OS coreano.

Música

Sem. 99% do tempo prestando atenção nas conversas dos outros. Fones de ouvido quando não desejo ouvir barulho.
Como não escuto música, prefiro citar outro item do meu ambiente, o pote de chá que em suas variações chinesas, japonesas e coreanas sempre está do meu lado.

Convido todos os leitores para espiarem e compartilharem o seu ambiente de trabalho.

Anúncios

13 Respostas to “Meu ambiente de trabalho em 7 itens”


  1. Caramba! Nunca vi alguém tão eclético.

  2. Éder Costa Says:

    Pq SO em Coreano ou outra língua que não domina?

    • vmaia Says:

      Provavelmente para poder aprender outra língua 😛

      • Linda Says:

        Camarigo Antf3nio Paiva, Feliz Aniverse1rio Nataledcio. Tratando-se de um dia sempre muito lbaermdo, que comemores na companhia de quem mais prezas e por muitos e bons anos. Aquele que tem esperane7a sabe que nenhuma tristeza e9 eterna. Sabe que, apf3s a chuva, vire1 o sol; que hoje e9 outro dia e pode ser cheio de boas surpresas e novidades.De mais um da Sece7e3o Auto, os Parabe9nsCom um Abrae7oArme9nio Estorninho

    • guilhermesilveira Says:

      Isso mesmo, para reforçar a língua que estou aprendendo nesse momento.

      Abraço!

  3. Fabiano França Says:

    Guilherme,

    Qual a configuração desse seu Air? Você costuma usar o eclipse nele?

    Estou tentado a pegar um mas estou com medo de a performance não ser a ideal.

    Um abraço.

    • guilhermesilveira Says:

      Tudo bem Fabiano?

      Estou com o novo Air de 11 polegadas. Está tranquilo de rodar Eclipse+Tomcat dentro enquanto um dos processadores está 100% tomado por causa de processamento de imagens que faço ao mesmo tempo em minha máquina, então estou adorando.

      Mas novamente, tenho uma prática que requer um certo esforço: enquanto espero uma bateria de teste razoavelmente longa (+30secs) finalizar no eclipse (ou rake) estou fazendo alguma outra coisa na máquina.

      Abraço!

  4. agaelebe Says:

    Estou para comprar o sizeup ou divvy… Gostava do windows por causa disso: tem um monte dessas ferramentas e geralmente tem algum freeware.

    Para ubuntu não achei nada tão legal.

    Não conhecia o gleebox.

    • guilhermesilveira Says:

      Tudo bem?

      Você pode baixar a versão trial do sizeup. Eu usei alguns dias ela, só de vez em quando que irrita… quando acostumar, ai compra. Comprei ontem na verdade.

      Abraço!

  5. Max Mustang Says:

    “Sem. 99% do tempo prestando atenção nas conversas dos outros” – fofoqueiro hahaha 😀

    Guilherme, to tentando imaginar como voce faz isso
    “Abro diversas abas e não consigo ficar em um só projeto ao mesmo tempo. Enquanto rodo os testes de um, escrevo a funcionalidade de outro, mesmo que por 30 segundos. Quando possível, revezo entre três.”

    abração


  6. Legal! Acho que nessa brincadeira de Ambientes de trabalho, o seu é o mais diferente/eclético que eu vi.

    Usar o OS em outro idioma achei bem interessante mesmo!

    Não conhecia o gleebox, valeu a dica!

    Muito bacana o ambiente Guilherme!

    Abraços!


  7. Ótimo post Guilherme, obrigada pelas dicas.

    Já faz algum tempo que acompanhamos o Blog Agile no Mundo Real, de tanto usar o Desenvolvimento Ágil, criamos a primeira ferramenta web brasileira para Scrum!  
    Demos o nome de Scrumhalf (www.scrumhalf.com.br) e gostaríamos muito de contar com a sua opinião – existe um plano gratuito que dá para testar a vontade.

    Qualquer dúvida ou problema é só falar!
     


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: